Dia do Voluntariado é realizado no ambiente escolar

Nos dias 23 e 24 de agosto a empresa Agropéu realizou o Dia do Voluntariado (Dia V) no Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Dr. Osvaldo Álvares da Silva e na Escola Municipal Adelaide Joaquina.

 

Este ano as atividades aconteceram dentro do ambiente escolar e contou com pipoca, algodão-doce, pururuca, refrigerante, pintura no rosto, atividades de colorir e desenhar. Porém este ano a Agropéu trabalhou por uma causa nobre: a realização de exames de vista nos alunos do CEIM e escola.
Os estudantes passaram por acuidade visual (teste de visão) e aqueles que apresentarem problemas de visão passarão por exames oftalmológicos e receberão óculos gratuitamente. A ação tem como parceira a Centro Ótica. A ação teve como parceira a Centro Ótica.
A Agropéu agradece a Centro Ótica por participar desta ação voltada aos alunos do CEIM Dr. Osvaldo Álvares da Silva e da Escola Municipal Adelaide Joaquina. 
Agradecemos por também serem motivados pelos valores de participação e solidariedade. 
A Equipe da Centro Ótica nosso muito obrigado.

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

A Agropéu está integrada à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2017 da APAE de Pompéu, que aconteceu de 21 a 28 de agosto.

Como em todos os anos o DAS da Agropéu participou das comemorações da semana e levou alegria, diversão e muita pipoca, algodão-doce, pururuca, cachorro-quente e refrigerante para os alunos da APAE de Pompéu.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2017 tem como tema “Pessoa com deficiência: direitos, necessidades e realizações” e tem como intuito promover debates e reflexões a respeito de tabus e barreiras da desigualdade, bem como a luta pelos direitos das pessoas com deficiência.

Karlla Menezes afirmou a importância desta semana, pois abre debates e coloca a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão. “Incluir as pessoas com deficiência em nossa sociedade é um dever de todos e a Agropéu luta e participa desta inclusão. Todos nós devemos ser inseridos em todas as áreas seja ela social, familiar, escolar, trabalhista, entre outras e, assim se tornem mais preparadas e amparadas diante das dificuldades da vida”.

 

 

Projeto Artesania Nômade promove dois espetáculos gratuitos em Pompéu

Com patrocínio da Agropéu, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o projeto Artesania Nômade promoveu, em Pompéu, a apresentação do espetáculo teatral “Na Roda” do Grupo Maria Cutia de Belo Horizonte.

 

O espetáculo “Na Roda” trouxe músicas, brincadeiras e histórias inspiradas na cultura popular e é destinado a crianças de todas as idades.

A apresentação aconteceu hoje, 18 de agosto, às 9:00 horas no Centro Cultural Dona Joaquina. 

O acesso era gratuito e participaram os alunos dos Centros de Educação Infantil Municipal Valdelino Alves de Sousa, Maria Áurea de Menezes, do Distrito de Silva Campos, alunos do CRAS e a comunidade. As apresentações integraram o Festival Dona Joaquina do Pompéu.

 

Nova Apresentação

 

O Grupo Maria Cutia apresentará, às 19:00 horas, o espetáculo “Como a gente gosta” voltado para o público diversificado, trazendo uma comédia-musical inspirada na obra de Willian Shakespeare e tem direção de Eduardo Moreira, do Grupo Galpão.  A apresentação será no Centro Cultural Dona Joaquina.

 

Compareça! Acesso livre e gratuito. Aprecie!

 

Projeto Artesania Nômade – Ano III

Lei Federal de Incentivo à Cultura

Apoio: DAS – Departamento de Assistência Social da Agropéu e Prefeitura Municipal de Pompéu

Patrocínio: Agropéu

 

Realização: Associação Pano de Roda e Ministério da Cultura - Governo do Brasil

Usina Agropéu é agraciada com Comenda Dona Joaquina do Pompéu

A Usina Agropéu foi agraciada com a Comenda Dona Joaquina do Pompéu.

A comenda é dedicada às personalidades e entidade que se destacaram em suas áreas de atuação. A Agropéu recebeu devido à sua atuação na economia e na geração de emprego em nossa cidade.

A solenidade aconteceu no Centro Cultural Dona Joaquina do Pompéu, dia 19 de agosto e contou com a presença do prefeito municipal, Ozéas da Silva Campos, Hugo de Castro, Diretor de Políticas Culturais, Patrimônio Histórico e Turismo, o deputado federal, Domingos Sávio, o deputado estadual Lafayette Andrada, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Henrique Faria, convidados e comunidade.

Também foram agraciados com a comenda Ozéas da Silva Campos, Dom Serafim Fernandes, Domingo Sávio, Árlen Santiago, Lafayette Andrada, Maria Taveira Guimarães Martins, Paulo Soares Maciel, José Gilberto de Carvalho, Rondon Maciel Rocha, Edméia Conceição de Faria Oliveira, Mirlei Campos Maciel e a Instituição Benemérita Santa Casa de Misericórdia de Pompéu.

 

A entrega da Comenda faz parte do VII Festival Dona Joaquina do Pompéu.

 

Oficinas de Circo gratuitas

Com patrocínio da Agropéu, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o projeto Artesania Nômade promove em Pompéu Oficinas de Circo, de agosto a novembro de 2017.

 

Com orientação de Affonso Monteiro e Paula de Franko (Circo Aloma), as oficinas estão acontecendo no DAS – Departamento de Assistência Social da Agropéu. As atividades são abertas a comunidade de Pompéu e o acesso será gratuito. Mais informações pelos telefones (37) 3523-1119 e (31) 99997-6912 ou pelo site www.idearioarte.blogspot.com.

 

Projeto Artesania Nômade - O projeto Artesania Nômade foi iniciado em abril de 2016 em Pompéu e Martinho Campos, com oficinas para grupos existentes nas cidades e atividades abertas à população. Com o objetivo de promover a capacitação, a fruição, a reflexão, o intercâmbio e a sustentabilidade das artes cênicas (teatro e circo), o projeto está promovendo oficinas, encontros e apresentações de forma gratuita à população. A coordenação do projeto é feita pela Associação Pano de Roda, que atua desde 2011 na região centro oeste mineira, incentivando a formação de grupos de estudos cênicos e a articulação em redes comunitárias de cultura.

 

Circo Aloma - A família Monteiro chegou ao Brasil em 1901, através do artista Francisco Pedro Monteiro que veio de Portugal juntamente com o Circo Coliseu. Sempre trabalhando em circos, aqui ele se fixou até que seu filho, Afonso Corominas Monteiro, cansado de “trabalhar para os outros” criou o Circo Teatro Aloma por volta de 1935. Desde então, a família Monteiro vem formando artistas circenses de picadeiro que atuam no Brasil. Em 2003, o artista Max Borges Monteiro, terceira geração da família, criou o Grupo Circo Aloma. Sem a lona tradicional, o grupo desenvolve apresentações, oficinas e outras atividades que demandam a utilização da linguagem circense, herança de seus antepassados e legado para seus descendentes.

 

AGENDA

Agosto a Novembro de 2017 em Pompéu

Oficina de Técnicas Circenses

Com Grupo Circo Aloma

Às quintas e sextas-feiras

Horário: 08:30 às 10:30 (turma 1) e 13:00 às 15:30 (turma 2)

Local: DAS – Departamento de Assistência Social da Agropéu

Participe! Atividade gratuita.

Informações: (37) 3523-1119 DAS ou (31) 99997-6912 Oi Cristiano

www.idearioarte.blogspot.com

---

Projeto Artesania Nômade – Ano III

Lei Federal de Incentivo à Cultura

Apoio: DAS – Departamento de Ação Social da Agropéu e Prefeitura Municipal de Pompéu

Patrocínio: Agropéu

Parcerias: CRAS e CREAS/Prefeitura Municipal de Pompéu

 

Realização: Associação Pano de Roda e Ministério da Cultura - Governo do Brasil

 

Cotações


Previsão do tempo

Redes sociais

Webmail